17.3.09

Adeus

É aquele abraço de perdão,
pelos dias vazios que hão de vir
é o aceno de mão,
deixado no ar junto ao leve sorrir

É o choro contido
Afeição de quem se vai
quem fica, metade partido
recorre a saudade que cai

2 comentários:

  1. Adeus!
    Saudade!
    Dor que invade os pensamentos meus!

    ResponderExcluir