17.3.09

Não, não tente!

não tente me entender,
não por mim nem por você,
nem sonhe viver a minha loucura,
meu mundo é seu medo e seu medo é minha cura

Um comentário:

  1. E na insanidade de cada um o alento para cada dia.

    ResponderExcluir